Uma pausa

Depois de três anos sofrendo com uma dor incomodativa, devido a uma lesão no manguito rotador, resolvi parar e pensar como resolver. Simples, a coragem apareceu de repente e marquei a cirurgia. Foi uma experiência inusitada, com comentários negativos e poucos positivos.

Ouvi muitos comentários que me fizeram adiar e adiar cada vez mais. Imaginem que no dia anterior à cirurgia, encontramos em uma loja de materiais ortopédicos, onde fui comprar a tipóia, uma senhora que perguntou se já havia consultado outros médicos. Fiquei surpresa com sua pergunta; não a conhecia nem sabia de sua profissão. Falou sobre a recuperação que seria muito dolorosa e complicada, que eu pensasse bem no que iria fazer. Ao final, perguntei se era médica. Disse que não, e sim, fisioterapeuta. Lógico que mexeu comigo. Eu que estava convicta da cirurgia, fiquei abalada se estava no caminho certo.

Como a dor me acompanhava há três anos e tendo consultado vários ortopedistas e outros médicos, devido a um resultado duvidoso, tive que fazer vários exames e pesquisas. Graças não tinha nada, somente tendões.

Por que desta ruptura? Difícil advinhar o porquê, mas creio que dentro da minha impetuosidade e querer resolver tudo ao mesmo tempo, lembro que ao terminar a reforma da minha cozinha, fiquei tão feliz com o final da obra e pelo resultado obtido que me pus a arrumar tudo. Loucuras. Obra em casa tira tudo do lugar, e como sou impaciente e teimosa, quis agilizar e deu no que deu.

Enfim, operei no dia 27 de novembro e fiquei fora do ar, recuperando, mas agora estou na fisioterapia e praticamente com todos os movimentos recuperados. E o melhor: sem dor!!! Escrevo isso porque ouvi de tudo, que a dor era insuportável, e por aí afora.

Manguito rotador curado, quem precisar fazer esta cirurgia, faça tranquilamente.

Incômoda, sim, mas por pouco tempo.

Tenham coragem! Não façam como eu, que levei três anos para decidir. Fiquei fora das redes sociais e cursos, mas agora, bola para frente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo